Sherlock Holmes 2 – O jogo de sombras (resenha, contexto histórico, *contém spoiler)

Cinema BH
Cinema BH

Ano em que se passa: 1891

No filme, Sherlock Holmes se dedica a pegar o professor Moriarty, que está em busca de um perverso propósito, e que para isso comete crimes e assassinatos de maneira astuciosa, sem levantar suspeita alguma.

O objetivo do professor é ser dono de indústrias que produzem todo o material necessário para uma guerra, como aço, produtos químicos, algodão, curativos e armas. Possuindo esses suprimentos, ele os distribuiria pela Europa inteira, caso uma Guerra Mundial fosse iniciada. E é exatamente em clima de guerra que o continente se encontrava naquela época. Com assassinatos bem planejados e ataques de bomba, Moriarty gera ainda mais tensão entre os países. Ele acredita que, em seu subcosnciente, o homem possui um desejo pelo conflito; esse desejo faz parte de sua natureza, por isso uma guerra é inevitável.

A Primeira Guerra Mundial, plano de fundo do filme, teve como uma de suas causas a insatisfação da Alemanha e Itália, que ficaram de fora do processo neocolonial após a partilha da Ásia e África. Enquanto isso, Inglaterra e França podiam explorar várias colônias ricas em matéria-prima e mão de obra. Além do mais, a França havia perdido uma região para a Alemanha, e agora buscava se vingar, retomando a terra perdida.

Havia uma grande concorrência entre os países europeus, por causa da busca por mercado consumidor. Essa concorrência gerava diversos conflitos, e, visando ataque e defesa em um futuro de guerra próximo, todos começaram a correr atrás de um fortalecimento através de armas.

O imperialismo está fortemente ligado à Primeira Guerra Mundial. Ele pode ser definido como uma política de expansão territorial, cultural e econômica. As nações imperialistas buscavam dominar e explorar colônias que pudessem oferecer mão de obra barata, matéria prima e mercado consumidor. Essas nações se lançaram em uma corrida pela conquista global, que resultou na Primeira Guerra Mundial.

Com toda a tensão e concorrência causadas pelo imperialismo, os países europeus, prevendo a guerra, estavam atrás de armamento e suprimentos. No filme vemos um homem que se aproveitou dessa oportunidade para tornar-se dono de industrias e enriquecer com a guerra. O filme exibe claramente a disputa por poder que começou a tomar conta do continente europeu no final do século XIX.

3 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *