Resenha The Hunger Games (Suzanne Collins)

Na realidade distópica de Jogos Vorazes (título no Brasil), o local onde atualmente se encontram os Estados Unidos se transformou no continente Panem, dividido em uma Capital e 13 distritos. O décimo terceiro distrito foi destruído após uma tentativa de rebelião, e como um cruel lembrete ao restante dos distritos do que acontece com aqueles que tentam se opor ao poder, a Capital criou os Jogos Vorazes, evento anual onde dois tributos de cada distrito – um garoto e uma garota – são sorteados e mandados para uma arena. Na arena, os tributos de idades entre 12 a 18 anos precisam enfrentar desafios e perigos criados pela Capital e, pior do que isso, enfrentar e matar uns aos outros, uma vez que apenas um tributo pode vencer.

Wikipedia
Wikipedia

Os distritos mais próximos à Capital realizam treinamentos para crianças e jovens, que consideram uma honra serem selecionados durante os Jogos Vorazes. Não é essa a realidade do distrito 12, onde Katniss mora com sua mãe e irmã mais nova. Seu pai morreu devido a uma explosão enquanto trabalhava como minerador quando Katniss tinha apenas 11 anos de idade, e quando percebeu a maneira como sua mãe ficara abalada com a perda, a garota assumiu responsabilidades muito maiores do que poderia ser capaz de suportar, principalmente devido ao amor por sua irmã mais nova, Prim. Com medo do que poderia acontecer com Prim caso fossem tiradas de sua mãe devido a falta de zelo da mesma, Katniss passou a fazer o impossível para que nunca lhes faltassem bens e, o mais importante, comida.

A garota caça ilegalmente na floresta do outro lado da cerca do distrito, e logo aprende a fazer trocas com comerciantes para conseguir outros tipos de alimento, além de roupas e sapatos. Gale torna-se seu companheiro e juntos eles fazem o que podem por suas famílias. Um dos sacrifícios é colocarem seus nomes mais de uma vez nos Jogos Vorazes em troca de um suprimento anual de grãos e óleo, além de mais chances de serem selecionados como tributos. Saber que o nome de Gale e o seu possuem uma enorme chance de serem sorteados é algo assustador para Katniss, mas naquele ano, Prim também já possui idade para participar dos Jogos Vorazes. O pior acontece e o nome da garotinha é sorteado, mas Katniss entra em desespero e se oferece para ser tributa em seu lugar. O outro nome sorteado é o de Peeta, filho de um padeiro e alguém que no passado teve um contato com Katniss que marcou a vida de ambos.

Jogos Vorazes é o primeiro livro de uma trilogia de mesmo nome, que foi publicado em 2008 e adaptado para as telonas em 2012, contando com Jennifer Lawrence no papel da protagonista Katniss. O livro entrou para a lista de mais vendidos da história e com a leitura eu pude compreender o motivo. Na época em que o filme foi lançado eu não sabia que se tratava de uma adaptação, e quando soube não tive vontade de ler o livro justamente por não ter gostado do filme. Mas as pessoas continuavam elogiando a trilogia como um todo, e quando decidi que tentaria ler o primeiro livro, não acreditava que ia gostar a ponto de querer ler os outros dois.

Um dos principais motivos pelos quais eu recomendo a leitura de Jogos Vorazes é a escrita da autora (lembrando que li o livro em inglês, então não sei opinar a respeito da tradução que foi feita aqui no Brasil). Suzanne Collins não enrola o leitor; as coisas acontecem de maneira rápida e a narração é direta, o que contribui para que a leitura flua e conquiste totalmente sua atenção. Além de nos inteirar a respeito do que esta acontecendo no presente, Katniss – a narradora – conta diversas lembranças de seu passado, coisa que faz muita falta no filme, pois com essas lembranças conseguimos compreender mais a protagonista, seus sentimentos e os motivos de suas ações. Katniss ama a irmã mais nova, e esse amor é a base de muito do que acontece na história. A promessa que faz à Prim de que vai tentar vencer os Jogos Vorazes é a responsável pela maneira como a protagonista se comporta na arena, sempre visando sua sobrevivência mas não necessariamente a morte dos outros competidores.

Além disso, o universo criado pela autora é instigante, e as descrições que Katniss faz a respeito de como as coisas funcionam nesse mundo distópico onde vive nos fazem criar um certo apego pelas personagens, pois compreendemos suas dores e as dificuldades que enfrentam sob um governo opressor. No geral, Jogos Vorazes é um livro que definitivamente marcou uma geração de leitores, e para aqueles que já leram clássicos como 1984 (George Orwell) e Admirável Mundo Novo (Aldous Huxley), é interessante ver que esse gênero da literatura ainda é capaz de instigar e fazer pensar.

Uma vez que assisti apenas 2 dos 4 filmes lançados (o último livro foi dividido em partes 1 e 2) eu ainda não sei o desfecho da história. Futuramente, espero poder finalizar a leitura da trilogia e voltar para contar um pouco a respeito de minhas impressões. Abaixo, confira (em inglês) o trailer do filme:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *