Resenha Operação Big Hero

Hiro Hamada é um jovem prodígio que aos 13 anos se formou na escola e desde então só pensa em participar de lutas clandestinas de robôs nas ruas. Seu irmão mais velho, Tadashi, sonha em ver o caçula utilizar seus talentos para algo útil, e com esse intuito o leva para o laboratório da Universidade onde ele e seus amigos possuem total liberdade para colocar em prática suas ideias mais malucas. Lá apresenta para o irmão sua mais nova criação, Baymax, um robô parecido com um marshmallow gigante que atua como agente pessoal de saúde.

O garoto se encanta com o ambiente da Universidade e decide que é lá que quer estudar. Para isso, precisará criar algo inovador e que impressione o professor Callaghan na próxima feira de tecnologia, o que faz com muito empenho e a ajuda de Tadashi e seus amigos. Algo terrível acontece, contudo, e a história toma um rumo totalmente inesperado, emocionante, repleto de reviravoltas e, claro, muita ação.

Sem saber que Operação Big Hero foi o vencedor do Oscar de melhor animação em 2015, assisti sem qualquer expectativa e acabei me surpreendendo com essa que, para mim, foi uma das melhores animações feitas em muito tempo. Eu assisti pela segunda vez em menos de dois dias, e sei que seria capaz de assistir ainda muitas vezes sem me cansar. Para mim, as melhores animações possuem justamente esse poder de não perderem o encanto, não importa quantas vezes você as assista.

HD Wallpapers
HD Wallpapers

O cenário muito bem feito logo conquista com sua criatividade, se passando em uma cidade chamada San Fransokyo, uma mistura literal das metrópoles São Francisco e Tóquio. A história é envolvente do início ao fim, não deixando nada a desejar – a não ser uma continuação! Os personagens são do tipo cativantes, desde a engraçada tia responsável pelos dois irmãos que perderam os pais muito cedo, até os divertidos e inteligentes amigos de Tadashi da Universidade. Além disso, é admirável a sagacidade de Hiro Hamada e seu irmão mais velho, do tipo que faz qualquer um sentir vontade de se aprofundar no estudo da tecnologia e sua aplicação em algo útil para a humanidade.

Baymax seria digno de um texto inteiro dedicado exclusivamente para ele, mas eu prefiro deixar vocês curiosos para assistirem logo essa animação, caso ainda não tenham assistido, e se surpreenderem com o engraçado e sensível robô que ele é. Apenas digo que gostaria que ele existisse de verdade para tê-lo como melhor amigo.

Inspirado em quadrinhos da Marvel (Big Hero 6), esse foi sem dúvidas um dos melhores filmes que assisti no ano de 2015, além de ser a melhor animação juntamente com O Pequeno Príncipe (resenha). Não posso dizer nada mais que expresse dignamente o quanto gostei da história e das personagens, portanto recomendo a todos e garanto que vale a pena assistir. Operação Big Hero entrou na minha lista de filmes favoritos de todos os tempos – e olha que O Rei Leão faz parte dessa lista.

3 Comentários


  1. Este filme me fez rir, chorar e lembrar dos valores da verdadeira amizade. Simplesmente 10.

    Responder

  2. Amei essa resenha melhor de todas estou usando até para um trabalho ajudou muito nota 1000 muitos beijinhos tchau♡

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *