Resenha O Primeiro Amor (Flipped)

Juliana é apaixonada por seu vizinho desde quando o conheceu, ainda uma criança. Bryce, por outro lado, sempre considerou a garota estranha e nunca correspondeu seu interesse, ainda mais conforme os dois iam crescendo e ela continuava com sua obsessão. Apenas aos treze anos de idade Juli começa a questionar o motivo pelo qual gosta de um garoto que nunca foi legal com ela, quando uma grande árvore da vizinhança que a garota gostava de escalar para observar a paisagem será cortada; ela pede a Bryce que suba com ela para ajudá-la a impedir que isso aconteça, e tudo o que o garoto faz é ignorá-la apenas porque estava na presença de seus amigos, que também a consideravam anormal.

Sem toda a paixão de Juli, Bryce começa a enxergá-la com outros olhos, mas agora precisará mostrar seu valor para ganhar o coração de uma garota tão inteligente, diferenciada e sensível. A história se desenrola mostrando paralelamente a visão dos protagonistas diante de cada acontecimento, nos permitindo criar um extremo vincúlo com eles e seus familiares, além de entender seus sentimentos e o motivo de suas atitudes.

Ilk Ask
Ilk Ask

Além de toda a questão envolvendo o primeiro amor, que no filme é retratada de maneira adorável, a história nos presenteia com muito mais. É incrível acompanhar a perspectiva de Bryce e Juli durante os acontecimentos, e você realmente consegue entender o que se passa na cabeça de cada um deles. Juliana é uma garota única, que claramente se encontra em um estágio de maturidade avançado em comparação às pessoas de sua idade, além de possuir bastante determinação mesmo nos momentos em que é julgada por todos, e ao mesmo tempo não perder o encanto no olhar diante de coisas simples como a vista do topo de uma árvore, um experimento com ovos de galinha, os olhos do garoto pelo qual é apaixonada e um primeiro beijo que tanto deseja. Bryce, apesar de agir como um idiota durante metade do filme, acaba cativando o espectador com o decorrer da história, o fazendo torcer por ele quando finalmente começa a se apaixonar por Juliana. Também é trabalhada no filme uma questão mais profunda envolvendo a família dos jovens, especialmente quanto ao tio de Juli que sofre de uma doença mental, além das condições financeiras da família da garota e o pai de Bryce, que aparentemente é perturbado quanto a algum acontecimento de seu passado.

O filme com ar de Sessão da Tarde é indicado devido a sua história simples mas ao mesmo tempo encantadora, além de suas personagens adoráveis e a bonita mensagem que carrega. Ele foi baseado no livro homônimo escrito por Wendelin Van Draanen.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *