Resenha filme Eu sou a lenda

No ano de 2009, uma cientista descobre a cura para o câncer, que se mostra eficaz em todos os testes feitos em seres humanos. Entretanto, mutações no antídoto começam a fazer com que pessoas percam suas características humanas, tornando-se monstros selvagens e sensíveis à luz solar, que são atraídos pelo odor sanguíneo e se alimentam de carne.

O coronel Robert Neville, juntamente a sua esposa e filha, fazem parte do grupo de sobreviventes da cidade de Nova York, marco inicial da doença. Após um decreto de quarentena militar, ele toma a decisão de abandonar sua família para permanecer na cidade, com o propósito de encontrar uma reversão para o vírus. É feita a evacuação de todos os não infectados, enquanto os que estavam são friamente deixados para trás pelas autoridades. Robert é o único ser humano não infectado que permanece, contando somente com a companhia de sua leal cachorra Samantha.

Agora doutor, Neville faz experiências em um laboratório montado no porão de sua casa, transformada por ele em uma fortaleza, além de outros diversos métodos que formulou para sua segurança contra os monstros, que saem de seus esconderijos durante a noite. Passados três anos do início da epidemia, praticamente toda a população foi morta ou infectada, com exceção de alguns seres humanos que, assim como Robert, são imunes ao vírus presente na atmosfera. Todos os dias ele se anuncia em uma rádio e fica a espera de encontrar algum sobrevivente, tentando manter a esperança de que ele não foi o único que restou.

O filme busca dar grande destaque para o psicológico e sentimental de Robert. Todos os dias ele precisa lidar com a solidão que sente por ser o único ser humano na cidade; o medo dos monstros que podem matá-lo a qualquer momento; a angústia em ter presenciado toda a sua raça ser dizimada; a tristeza em pensar que sua família está morta; as dúvidas a respeito de quantos seres humanos restaram em todo o planeta; a ansiedade por saber se ao menos existe uma reversão para o vírus, além do peso da responsabilidade de ser ele o único a tentar encontrá-la.

Com uma visão futurista a respeito de catástrofes e epidemias mundiais, o filme é bastante revolucionário ao abordar a maneira como, após falhar, uma ação humana pode se tornar mundialmente letal e destrutiva. Além disso, é possível identificar um alerta a respeito de tudo aquilo que envolve a saúde e segurança do homem, que muitas vezes se encontra em risco devido a suas próprias atitudes perante a sociedade e o meio ambiente onde vive.

Repleto de lições a respeito de honra e lealdade, o filme Eu sou a lenda mostra que jamais devemos desistir diante de circunstâncias difíceis e aparentemente irreversíveis. Apesar da atmosfera pessimista presente em toda a trama, no final das contas é esperançoso o relato de que, enquanto uma única pessoa ainda estiver disposta a lutar e se sacrificar pelo bem da humanidade, ainda existirá chance de sobrevivência.

Geek Vox
Geek Vox

“Nós somos o legado dele. Esta é a sua lenda. Uma luz na escuridão.”

6 Comentários


  1. Oi, Julie!
    Esse tipo de filme (estilo zumbi pós-apocalíptico) não faz muito meu gênero, mas gostei que vc falou que ele aborda bem as nuances psicológicas do protagonista, acho que ter personagens bem construídos é uma das coisas que mais me empolga num filme ou livro!
    Está realmente bem escrita a resenha! 🙂
    Beijos!
    Nati

    Responder

    1. Quando o filme tem um bom roteiro e personagens bem construídos, como você disse, da pra apreciar mesmo que somente alguns aspectos. Sempre tento fazer isso quando vou assistir um filme de ação, por exemplo.
      Muito obrigada por ter lido!

      Responder

        1. Esse filme é mesmo incrível! Fico feliz que tenha gostado da resenha 🙂

          Responder

  2. essa resenha ficou show ! Eu estava precisando de uma para um trabalho de escola. E essa esta perfeita.
    Esse filme também é muito top
    Obrigado pela ajuda , sem nem mesmo saber.

    Responder

  3. Obrigado pela resenha, o filme é muito bom, adoro seu trabalho. É um ator que as garotas amam por que é lindo, carismático e talentoso. gosto muito de seus filmes, sempre faz um trabalho muito profissional e tem histórias muito lindas, o filme Beleza Oculta é uma escolha perfeita para assistir para uma tarde de lazer é uma boa opção.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *