Resenha filme Coraline e o Mundo Secreto

Coraline é uma jovem impaciente e audaciosa, sempre em busca de novas aventuras ou alguém com quem possa conversar. Seus pais, por outro lado, demonstram quase não se importar com a filha e seus dilemas, trabalhando o dia todo em frente a computadores. Tudo piora após a mudança para uma grande e velha casa, em uma cidade onde chove quase todos os dias e com uma vizinhança nada convencional, onde a garota se vê solitária e completamente entediada.

Após conhecer os estranhos vizinhos e explorar cada canto do local onde agora vive, ainda sem ver a mínima graça em tudo por ali, Coraline descobre na sala de estar do casarão uma pequena porta, coberta pelo papel de parede. Ao pedir a ajuda da mãe para descobrir o que há atrás dela, e após destrancá-la com uma chave guardada em meio a tantas outras da casa, se depara com tijolos bloqueando o caminho, o que acarreta mais uma decepção para a curiosa garota, que imaginava se deparar com algo no mínimo relevante.

Entretanto, naquela noite Coraline tem um sonho vívido de que abre a portinha novamente e nela encontra uma passagem, que a leva para uma versão de sua casa muito mais fascinante do que a original. Seus outros pais daquela dimensão são divertidos e realizam todas as vontades da filha, assim como toda a vizinhança, com destaque para Wybie, um garoto que na realidade a incomoda com sua presença, mas que ali é mudo e faz o papel do amigo ideal. A garota fica encantada com sua outra vida, exceto por um detalhe um tanto macabro que parece ser o fator que mais diferencia os dois mundos: naquele, todos possuem botões no lugar dos olhos, exceto ela.

Coraline continua a sonhar com a outra dimensão por dias seguidos, se deparando com a nada agradável realidade sempre que vai dormir na versão melhor de sua vida e acorda em seu quarto velho e sem graça. Descobre então que a passagem não é somente um sonho, ela existe de verdade e pode ser acessada a qualquer momento que desejar. Tudo parece perfeito, até a garota receber a proposta de seus outros pais para que permaneça com eles para sempre, tendo somente que deixar que costurem botões no lugar de seus olhos. Ela percebe que há algo de muito assustador naquilo tudo, principalmente com a outra mãe, e decide não voltar mais ali. Mas a mãe na verdade é uma mulher cruel que aprisiona crianças infelizes, se apossando da vida delas, e pretende fazer o mesmo com Coraline, que acaba tendo que voltar a outra dimensão ao descobrir que seus pais de verdade desapareceram, aprisionados em algum lugar secreto pela “megera”.

Corajosa e persistente, Coraline está disposta a enfrentar qualquer coisa para salvar sua vida, resgatar seus verdadeiros pais, e libertar as crianças aprisionadas pela terrível mulher. Para isso conta com a ajuda de Wybie, tanto o verdadeiro quanto o do outro mundo, e também com a de um astucioso gato preto. Apesar de sua vida não ser exatamente como gostaria que fosse, ela descobre que a perfeição na realidade não pode existir, mas que a realidade é muito mais compensadora do que qualquer coisa que poderia ter, e que por ela vale a pena lutar.

Baseado no livro de Neil Gaiman, Coraline e o Mundo Secreto conta com um cenário único e criativo, encantadoramente mágico e muitas vezes sombrio. Longe de ser infantil, pode agradar um público amplo em relação à idade, pois surpreende com suas personagens e história peculiar. Além disso, foi a primeira animação stop-motion a ser feita originalmente para o formato 3D, e a mais longa, até seu lançamento. Um trabalho incrível, que com certeza vale a pena conferir.

Magrini Artes
Magrini Artes

13 Comentários


    1. Coraline melhor filme da minha vida ja assisti mais de mil vezes e numca me canso cada vez tenho mais vontade de assistir

      Responder

  1. Eu tenho o filme faz um quatro anos e já assisti milhões de vezes mas antigamente morria de medo,não sabia que era para maiores de dez anos kkkkk.
    Tenho certeza que da primeira vez que tivesse assistido fosse com dez anos ,não amaria tanto

    Responder

    1. Hahahaha provavelmente! Eu tinha medo de James e o Pessego Gigante 😮

      Responder

  2. Eu goste do resenha, e já assistir o filme muito legal, eu gostei porque o filme não romase é de ação e emoção, um filme que da vontade de assistir um mil de vezes eu já assistir um mil de vezes e não quero para de assistir. E você?

    Responder

    1. Eu também gosto muito desse filme, sempre que esta passando na TV paro pra assistir, ainda mais em época de Halloween 🙂

      Responder

  3. Eu morro de medo do filme tenho 11 anos e é ano passado minha professora de educação física passou para agentr assistir para relatório mas pesquisei um pouco e descobri muita polêmica com esse filme por que ele foi para todos os públicos mais e de terror muitas crianças não conseguiram dormir por conta desse filme não assista esse filme um canal no YouTube que e de um cara que ama terror na descrição de seu vídeo ele diz que já tevemuitos pesadelos com esses filme é tem medo dá outra mãe até hoje… Muita gente adora mais euorro de medo esse filme é horrível nunca mais quero assistir naverdade ele é de fantasia/terror/suspense

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *