Guerra Civil Book Tag

Apesar de não ter assistido ao filme Capitão América: Guerra Civil e ao menos entender sobre esse universo de super-heróis (não odeio, apenas não me importo muito), decidi responder aqui no blog essa TAG baseada no filme que foi lançado no dia 28 de abril. Espero que gostem, e me avisem nos comentários caso respondam também 🙂

20151215-20151105-20151028-captain-america-civil-war
Cinema com Rapadura

1 – Capitão América: Um livro que você entende as referências.

Simplesmente não faço ideia do que responder, então me desculpem.

 

2 – Homem de Ferro: Um livro que você quer, mas é muito caro e só sendo rico pra comprar.

No momento, Harry Potter e A Pedra Filosofal – Edição Ilustrada é o livro mais caro que eu gostaria de ter. (para comprar no site da Saraiva, clique aqui)

 

3 – Homem Aranha: Um livro que agrada todo mundo.

Antes de começar a ler Harry Potter eu ficava impressionada com o fato de todas as pessoas serem loucamente apaixonadas por essa saga, a ponto de eu nunca ter ouvido falar de alguem que leu e não gostou.

 

4 – Homem Formiga: Um pequeno livro com uma grande história.

O Pequeno Príncipe, sem sombra de dúvidas. (para ler a resenha, clique aqui)

 

5 – Feiticeira Escarlate: Um livro que pode mudar a realidade.

O livro Christmas Jars de Jason F. Wright possui uma mensagem muito bonita a respeito de ajudar e fazer algo pelo próximo, e se mais pessoas o lessem e levassem o conselho a sério, o mundo talvez se tornasse um lugar menos horrível (apesar de eu não ter fé nisso).

 

6 – Pantera Negra: Pseudônimo de um grande autor.

Robert Galbraith – J. K. Rowling

 

7 – Bucky (Soldado Invernal): Um livro que você leu no passado e ainda gosta muito.

Um livro que eu li há bastante tempo mas ainda tenho em muita alta conta é O Homem que Calculava, de Malba Tahan. O melhor de tudo foi ter descoberto recentemente que esse nome é o pseudônimo de Júlio César de Melo e Sousa, um autor brasileiro! Ou seja, literatura nacional surpreendendo como sempre.

 

8 – Viúva Negra: Um livro escrito por uma mulher, com uma protagonista mulher.

Orgulho e Preconceito, de Jane Austen (para ler a resenha, clique aqui). Apesar de não ter gostado muito do livro porém adorar o filme, essa autora possui uma grande importância na literatura e por isso é sempre digna de ser mencionada. Além disso, Elizabeth Bennet é sua mais conhecida heroína.

 

9 – Gavião Arqueiro: Um livro que ninguém dá bola, mas ele tem o seu valor.

Na minha opinião, o livro O Cemitério de Praga, de Umberto Eco, deveria ser lido por mais pessoas e receber mais reconhecimento, porque ele é simplesmente incrível.

 

10 – Visão: Um livro com um começo ruim, mas com um bom final.

O início do livro Inferno de Dan Brown (para ler a resenha, clique aqui) em nada me agradou, principalmente por ter seguido a mesma linha narrativa de todas as outras obras do autor. Entretanto, do meio para o final as coisas tomaram um rumo surpreendente, e por conta disso eu guardo boas lembranças dessa leitura.

2 Comentários

Deixe uma resposta para juliescreveu Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *